K2 Sistemas - Empresa de Consultoria em Tecnologia de Informação, Rio de Janeiro - Brasil.

K2 Sistemas - Empresa de Consultoria em Tecnologia de Informação, Rio de Janeiro - Brasil.



Profissional da K2 Sistemas faz parte da equipe vencedora da Imagine Cup da Microsoft

O Globo, Informática Etc, 21 de junho de 2004

Momentos de suspense fizeram bater mais rápido os corações dos dez finalistas da fase brasileira da Imagine Cup da Microsoft - um concurso de software para estudantes - no espaço Trio, em São Paulo, semana passada, antes do anúncio dos vencedores. Eram concorrentes que vinham de cinco estados: Rio, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Pernambuco. No final, venceu o talento dos cariocas Rafael de Oliveira Osório e Adolfo Guilherme Silva Correia (equipe WDC), ambos engenheiros de computação recém-formados pelo IME. A dupla bolou um sistema eletrônico e inteligente de blitz para combater irregularidades no trânsito, o Mobile Smart Blitz (MSB).

O sistema usa chips em automóveis para enviar informações a Pocket PCs ou outros dispositivos wireless que permitiriam à polícia acessar dados sobre o veículo (falta de vistoria, impostos devidos...) e também sobre o motorista (o MBS poderia trabalhar conjugado com um código de barras na carteira de motorista, por exemplo). Guardas com um handheld poderiam coibir quaisquer irregularidades em tempo real.

- Criar o projeto exigiu boas noites sem dormir - diz Rafael. - Além disso, tivemos que nos comunicar bastante pela internet, pois sou consultor de tecnologia em SP e Adolfo trabalha na K2 Sistemas, no Rio.

Os dois agora vão representar o Brasil na etapa internacional da Imagine Cup, que começa em Foz do Iguaçu em julho, e reunirá 40 equipes de diversos países. E isso só na categoria de programação. O vencedor da final abiscoitará US$ 25 mil.

O concurso de software da MS prevê que os programas sejam desenvolvidos nos chamados building blocks da plataforma .Net e portados a diversos dispositivos. A comissão julgadora foi da Sociedade Brasileira de Computação.

- Esperávamos uns 50 inscritos - disse o presidente da MS Brasil, Emílio Umeoka. - Mas se inscreveram 1.188 pessoas em 768 equipes, só um pouco abaixo dos 1.575 inscritos no Japão. A França foi a que mais inscreveu: três mil.

O segundo lugar ficou com a equipe Psyco .Net, da UFPE, com um sistema de apoio a guardas de trânsito - praticamente um guardinha virtual, pronto para aplicar multas, alertar sobre emergências, reportar colisões, tudo em tempo real via PDA.

Já o terceiro lugar foi da equipe ThunderTechs, da Unesp de Bauru, com uma solução bem completa para auxiliar o dia-a-dia do Corpo de Bombeiros, o Rescue (Real Enterprise System to Combat Urgencies and Emergencies). Ele torna automático o registro de ocorrências, acompanha o trajeto dos carros e caminhões até o local do incêndio e inclui uma base de dados sobre produtos tóxicos, entre outras coisas.

Houve ainda outros projetos que chamaram a atenção, como o E-Contact, de Max Rodrigues de Andrade, da Fumec, de Minas Gerais. Trata-se de um protocolo para integração de redes de telecom, que aplica via web services o conceito de nomes de domínio aos contatos da sua agenda, de modo que não é preciso mais colecionar todos os telefones de uma pessoa, apenas contatá-la através de seu próprio nome.

Clique aqui para ler a matéria original.